Um património marítimo

Canais, cais com fachadas coloridas, quilómetros de praia com areia dourada, uma lagoa que desagua no mediterrâneo.  Não tenho dúvidas de que Sète foi colocada em cima da água.

Fundada por Luís XIV em 1666 para oferecer uma saída de embarcações ao Canal du midi, Sète sempre foi uma cidade de comerciantes e pescadores.  É uma cidade com tradições bastante enraizadas e com um património marítimo cheio de vida.

A paixão pelo mar marca o ritmo da vida da cidade.  Da lagoa de Thau ao Grande Oceano, os pescadores, marinheiros e ostreicultores têm todo este universo em comum, fonte de uma riqueza e de um estilo de vida do sul.